05/10/2021

Como curar terçol?

Por Arquivo da Saude

Em grande parte dos casos, o terçol desaparece por conta própria. No entanto, se isso não acontecer, é indicado fazer uso de compressas quentes na pálpebra, utilizar medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (para aliviar a dor e diminuir a inflamação) ou antibióticos (para eliminar as bactérias ou interromper o desenvolvimento delas).

Além da compressa quente, outros ingredientes fazem bem ao tratamento de terçol, reduzindo a inflamação, as dores e curando rapidamente o problema:

  • Acácia;
  • Babosa;
  • Bolsa de chá;
  • Camomila;
  • Coentro;
  • Cúrcuma;
  • Pepino;
  • Salsa;
  • Tomate.

O terçol é uma lesão que se instala na borda da pálpebra, próximo aos cílios. Geralmente, elepode vir acompanhado de alguns sintomas bem clássicos de uma infecção, afinal, o terçol é provocado por bactérias:

  • Coceira na região;
  • Dor nos olhos;
  • Incômodo ao piscar;
  • Olhos inchados ou marejados;
  • Sensibilidade à luz;
  • Vermelhidão ocular.

Por sorte, o terçol drena e desaparece em torno de 2 ou 3 dias, principalmente o terçol externo. Já o interno pode demorar mais tempo e deve ser observado: caso o terçol não seque o suficiente, é recomendável procurar um médico.

O profissional de saúde poderá prescrever a aplicação de colírios ou até pomadas com antibióticos. Em pessoas idosas ou quem está muito debilitado, podem ser necessários uso de antibiótico via oral, já que a irrigação da pálpebra é demasiada e a infecção pode se alastrar.

Recomendações para curar o terçol

Já que o terçol é decorrente de uma exposição a bactérias, algumas dicas são importantes, para que a situação dessa lesão não piore. Por exemplo:

  1. Não aperte, toque, perfure, esfregue ou tente, de qualquer forma, extrair o terçol – isso pode propagar a infecção, ou mesmo danificar as glândulas lacrimais;
  2. Evite usar maquiagem enquanto não curar o terçol;
  3. Tome cuidado com a higiene – deixe sempre a região limpa, para prevenir infecções;
  4. Evite usar as lentes de contato – elas podem estar contaminadas e ainda transferirem as bactérias ao olho que está saudável;
  5. Sempre mantenha as mãos limpas.

É fundamental que se procure um oftalmologista, para que um diagnóstico correto seja feito, pois ele será o responsável por indicar o tratamento adequado para o seu caso, em especial se o terçol aparece com muita frequência.

Fonte:http://lojasonofix.com.br/